terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Massa Folhada da Dirce … Laboratório de Gastronomia da PUC-GO

Massa Folhada é uma massa leve, não  fermentada,  feita  em  várias  camadas  com  copiosa adição de gorduras (normalmente margarina ou gordura vegetal), usado em doces e salgados. Tem sua origem provável no Egito, à época do Império Novo.

No Ocidente, seu uso teria sido desenvolvido em Roma, em 1635, pelo francês Claude Lorrain, que trabalhou como cozinheiro, antes de se tornar um pintor célebre.[1] Mas, segundo outras fontes, já em 1525, um decreto do Conselho de Veneza, citava claramente a pasta sfoglia.[2]

Referências

  1. CUNY, Jean-Marie ,La cuisine lorraine, 1998. Imprimerie Fort-Moselle, Metz.
  2. Cenni biografici sulla pasta sfoglia, por Antônio Pignatelli.

Ingredientes:

I- Etapa

500 g de farinha de trigo

2 ovos

1 colher de sopa de vinagre

1 pitada de sal

1 pitada de açúcar

1 colher de sopa de gradina (manteiga para a massa folhada)

1 xicara de agua

Amassar bem, fazer uma bola, deixar descansar.

II- Etapa

Ingredientes da massa:

300 g de gradina

3 colheres de sopa de farinha de trigo

3 colheres de sopa de queijo

Amassar bem, fazer uma bola e nela cortar com a faca em cruz.

A primeira massa abrir com a ponta dos dedos, colocar a segunda massa, abrir com o rolo, dobrar e deixar descansar por 10 (dez) minutos. Abrir novamente, dobrar e levar à geladeira por 30 (trinta) minutos, dentro de um saco plástico. Abrir a massa e trabalhar a gosto.