quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

CARDAPIO DE 27 DE DEZEMBRO DE 2012

ARROZ BRANCO

ARROZ COM CENOURA E ERVILHA

FEIJAO DE CALDO

LEGUMES SAUTEE

BATATA ASSADA COM OREGANO

PICANHA A POIVRE

PESCADA BRANCA COM ALCAPARRAS, LIMAO E TOMATE CONCASSE

FRANGO A MILANESA

ESPAGUETE COM ALHO E BROCOLIS

QUICHE LORRAINE

ANO NOVO

CARDÁPIO DE HOJE 26 DE DEZEMBRO DE 2012

ARROZ BRANCO
RISOTO A FONTINELE
FEIJAO DE CALDO
PANACHE DE LEGUMES
PURE DE BATATA
PIRAO DE PEIXE
PEIXE A BRASILEIRA
CONTRA FILET ACEBOLADO
BANANA A MILANESA
FEIJOADA COMPLETA

gateau de abobrinha

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

cardápio de véspera de natal

ARROZ BRANCO

ARROZ A GREGA

FEIJAO DE CALDO

PANACHE DE LEGUMES

BATATA ASSADA

ESPAGUETE ALHO E BROCOLIS

FILET AO MOLHO

COXA E SOBRECOXA ACEBOLADO

PESCADA COM MORANGO E ASPARGOS

E MUITO MAIS.

 

PRESEPIO

domingo, 23 de dezembro de 2012

CARDAPIO DO DIA 23 DE DEZEMBRO DE 2012

ARROZ BRANCO
ARROZ COM ALHO E SALSA
PANACHE DE LEGUMES
BATATA ASSADA COM ALECRIM
FEIJAO DE CALDO
FRANGO AO MOLHO DE TAMARINDO
SALMAO COM MOLHO DE ESPINAFRE, TOMATE CEREJA SALTEADOS
FILET AO MOLHO DE QUEIJOS
ESCONDIDINHO DE BACALHAU

MUITAS SALADAS E MUITAS SOBREMESAS..
VENHAM E APRECIEM O TRIO GOURMET

images

sábado, 22 de dezembro de 2012

CARDÁPIO DO DIA

HOJE
TEM
FEIJOADA
NO
TRIO GOURMETfeijoada do trio

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

CARDÁPIO DE HOJE

AGRIÃO

ARROZ COM BROCOLIS

AZEITONAS

BATATA FRITA

BATATA PALHA

BETERRABA

BRIGADEIRO DE COLHER

CENOURA

CONTRA FILET COM BACON E CEBOLA

DOCE DE OVOS DA MADRINHA

ERVILHA

ESCABECHE DE PESCADA BRANCA COM VINAGRETE

FAROFA BRASILEIRA

FRANGO AO MOLHO DE ESPINAFREFRUTAS COMO CORTESIA DA CASA

GRAO DE BICO COM KANI KAMA

INHOQUE DE BANANA DA TERRA

MILHO VERDE

PANACHE DE LEGUMES

PUDIM DE LEITE

QUICHE LORRAINE

RÚCULA

SALADA DA CHEF COM FRANGO, UVA PASSA, BATATA PALHA

SALADA TRIO GOURMET

TOMATE

TORTALETTI DE LIMAO

TRIGO EM GRAO COM MORANGO

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Cardápio de hoje


ARROZ BRANCO
ARROZ COM PERFUME DE PEQUI E FRANGO
FEIJAO DE CALDO
FEIJOADA COMPLETA
PANACHE DE LEGUMES
PIRAO DE PEIXE
PEIXE A BRASILEIRA
CONTRA FIELT ACEBOLADO
PURE DE BATATA
E MUITO MAIS.

Chrysanthemum

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

CARDÁPIO DO DIA

ARROZ BRANCO
RISOTO COM AMENDOAS, ERVILHA FRESCAS E PALMITO
FEIJAO DE CALDO
PANACHE DE LEGUMES
BOLINHO DE BATATA
ESCONDIDINHO
FRANGO AO MOLHO DE CATUPIRY
PICANHA AO MOLHO POIVRE
PESCADA COM CAMARAO, TOMATE CONCASSE
ESPAGUETE ALHO E OLEO

Tulips

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

CEIA DE NATAL


Ceia de Natal

A ceia de natal envolve muitas tradições familiares. Algumas famílias têm suas próprias receitas “secretas” para a ceia de natal, outras comem apenas os pratos natalinos tradicionais, como peru ou chester.

Cada país tem em sua ceia de natal algumas peculiaridades. Os russos, por exemplo, evitam a carne e os Jamaicanos usam e abusam das ervilhas em suas receitas para a ceia de natal.

Na Alemanha come-se carne de porco. Pratos tradicionais de tempero forte também são muito comuns durante a ceia de natal.

Na Austrália, onde as festividades natalinas acontecem durante o verão, as pessoas costumam fazer a ceia de natal em praias. Na África do Sul, outro país que comemora o natal durante o verão, é comum fazer a ceia de natal em mesas colocadas do lado de fora das casas.

A ceia de natal brasileira incorporou várias receitas locais como a rabanada e o bolinho de bacalhau, que chegou ao país com a colonização portuguesa.ceia de natal

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Evolução da escrita Cordel

T E C N O L O G I A
Palavra do grego vem
Estudo, arte, ofício
Papiro, arado tem.
Tudo que o homem cria.
É a escrita também.

Isso é tecnologia
Isso é evolução...              

               II
Árvore, pedra, papel
Seja o suporte qualquer
A escrita é magia
Não importa que tempo é
Registro de gerações
Toda mudança requer.
             III
Aprender a falar
É diferente de escrever
Se altera pelo tempo
Sem esta dá para viver
Nas sociedades ágrafas
Escrita não é poder.

               IV
No contexto grafocêntrico
Vale a mediação
Resolução das demandas
Escrita é solução
É a prática social
De cada situação.

               V
E a pintura rupestre
Forma de escrita, será?
Nas pinturas faltam códigos
Para sentido lhes dar
Indícios tecnológicos
Para a escrita apontar.

             VI
O sistema cuneiforme
Antigo na humanidade
Contar rebanhos servia
Depois surgiram as cidades
Porém no antigo Egito
Conduzia à eternidade.

               VII
Já a escrita chinesa
Pouco se modificou
Foi o papel e a tinta
Que o povo chinês criou
Do sistema alfabético
O grego foi o inventor.

               VIII
A escrita alfabética
Do italiano e inglês
Também foi adotado
No alemão e português
Entre outras mais se encontram
O espanhol e o francês.
          IX
Lá na Idade Média
Surgiu o monge copista
Fazia propagação
Do sistema era artista
Recolhido no mosteiro
Era especialista.

               X
Mil quatrocentos e cinquenta
Tempo da grande invenção:
Imprensa de Gutenberg
Um ourives alemão.
O sistema alfabético
Teve consolidação.

              XI
Com o século XIX
Veio a máquina de escrever
E com o passar do tempo
Computador e TV
Notebook, internet
Tem muito mais pra se ver.

              XII
Chega o século XXI
Com a virada digital
A internet? Livro impresso?
Qual o melhor, afinal?
Cada um tem seu valor
Vale a prática social.

              XIII
A escrita é processo
Deve ser compartilhada
Como prática social
Deve ser realizada
O quê? Para quê?
Onde será adequada?

Matilde PontesNatal, RNmatildepontes60@gmail.com